Consultoria de Arte

Procure no Acervo

Martins de Porangaba

Nasceu em Porangaba, interior de São Paulo, em 1944.
Começou a pintar em 1963, em São Paulo.

Exposições Individuais:
1976 Livraria Brasiliense, São Paulo, SP.
1979 Livraria Kairoz, São Paulo, SP.
1980 Centro Cívico Santo André, Santo André, SP.
1981 Espaço Cultural Sanbra, Centro Empresarial de São Paulo, São Paulo, SP.
Centro Cívico Santo André, Santo André, SP.
1982 Museu de Arte Contemporânea de Campinas, SP.
Escola Municipal Almeida Júnior, como parte do Festival de Verão do Guarujá, SP.
Galeria Macunaíma, FUNARTE – Rio de Janeiro, RJ.
Espaço Cultural Sanbra, Centro Empresarial de São Paulo, São Paulo, SP.
Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1983 Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC.
1984 TEMA Arte Contemporânea – Sào Paulo, SP
1985 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1986 Galeria Oscar Seráphico, Brasília, DF.
1987 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1988 Galeria Oscar Seráphico, Brasília, DF.
Yutaka Sanematsu Escritório de Arte, com lançamento do livro “Martins de Porangaba” de autoria de Enock Sacramento – São Paulo, SP.
1990 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1991 Lygia Jafet Bureau D’Art- São Paulo, SP, com realização do documentário em
vídeo “Martins de Porangaba”, dirigido por José Neistein, com texto de Enock Sacramento e José Neistein.
1992 Universidade da Pensilvânia - Filadélfia, USA.
1993 Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC.
1994 “Caribe - Escritório de Arte”, São Paulo, SP; Stúdio La Seca - Barcelona,
Espanha; 1998 and 1999 Elisabeth Nasser Gallery, Uberlândia, MG; “Centro Cultural de Uberaba”, Uberaba, MG; “Palácio das Artes”, Belo Horizonte, MG;
1998/1999 Galeria Elizabeth Nasser – Uberlândia, MG. Grande Galeria do Palácio das Artes, Belo Horizonte, MG. Galeria da Fundação Cultural de Uberaba, MG. Museu Histórico de Araxá “Dona Beja”, MG.
2001 Espaço Cultural UNICID, São Paulo, SP.
2002 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
2003 Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC.
2004 Espaço Cultural São Marcos, São Paulo, SP.
2006 Central Michigan University.
2008 Lançamento do livro “Martins de Porangaba - 45 Anos de Pintura” no Espaço
Casa da Fazenda do Morumbi - São Paulo, SP.
2010 Bel Galeria de Arte, São Paulo, SP.

Exposições Coletivas:
Participou de mais de 50 exposições coletivas entre as quais as seguintes:

1977 Exposição do Centenário de São Caetano do Sul, SP. Coletiva do Ateliê
J.Martins, Galeria Século XXI – SP. Coletivas (duas) de gravuras em São Caetano do Sul, SP.
1978 Exposição de Projetos para Mural “Artes Plásticas 78”, Centro Cívico de Santo
André, SP.
1980 “Artistas Brasileiros”, Tokuyama, Japão;
1983 Galeria Oscar Seráphico, Brasília, DF;
1984 “Coletiva de Verão”, Kouros Gallery, New York, USA;
1985 “Salão de Inverno Espelho d'Água”, Lisboa, Portugal;
1986 Ranulpho Galeria de Arte, Recife, PE; “Exposição de Arte Contemporânea
Brasileira”, Curtis Hixon Convention Center, Tampa, Flórida, USA;
1991 Ranulpho Galeria de Arte –São Paulo, SP. ”Exposição de Artes Ibero
Americanas”, Art Museum of the Americas Gallery, Washington, USA;
2000 “Brazilian Artists”, Universidade do Arizona, Phoenix,Tempa, USA;
2000 “Brazilian Artists in the Washington's Collections”, Meridian International Center,
Washington, USA;
2002 100 International Workshop, Brande, Dinamarca;
2003 County of Ringkobing, Dinamarca.
2005 130 International Workshop, Brande, Dinamarca;

Prêmios:
1979 Menção Honrosa, “Salão da Associação Paulista de Belas Artes”;
1980 Medalha de Bronze, “Salão da Associação Paulista de Belas Artes”;
1981 Prêmio Aquisição, “Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba”, SP; Medalha
de Bronze “XVII Salão de Artes Plásticas do Embu”, SP; Primeiro Prêmio, “II Salão de Artes Plásticas de Marília, SP; rosa de Bronze, “Salão da Associação Paulista de Belas Artes”, São Paulo, SP;
1982 Prêmio Aquisição, “II Salão de Artes Visuais de Rio Claro”, SP; Prêmio Aquisição,
“I Salão Paulista de Arte Contemporânea”, SP; Concorreu com mais de 200 artistas ficando enrte os 13 selecionados pra expor individualmente na Galeria Macunaíma da, FUNARTE, RJ
1983 Prêmio Aquisição, “XI Salão de Arte Contemporânea de Santo André, SP;
1984 Prêmio Aquisição, “XII Salão de Arte Contemporânea de Santo André, SP;
1985 Medalha de Ouro “Salão de Inverno, Espelho d'Água”, Lisboa, Portugal;
1986 Medalha de Ouro, “I Exposição de Arte Contemporânea Brasileira”, Curtis Hixon
Convention Hall Tampa, Flórida;
1987 Medalha de Ouro, “Exposition d'Art Contemporaine Point Barla”, Nice, França.

Destaques:
1982 “Revelação do Ano”, “Associação Paulista dos Críticos de Arte”, São Paulo,SP;
1983 “Revelação Nacional do Ano”, “Jornal do Comércio”, Rio de janeiro, RJ; Medalha
Cicillo Matarazzo, conferida “Centro Cultural Francisco Matarazzo Sobrinho”, como um dos Destaques do Ano, São Paulo, SP;
2002 Participação no 100 International Workshop, Brande, Dinamarca.
2005 Participação no 130 International Workshop, Brande, Dinamarca.

Sua obra está representada em numerosas instituições tais como a Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Campinas, Centro Cívico de Sato André, Divisão de Museus e Arquivos Históricos de Taubaté. Pinacoteca Sambra, Pinacoteca da Prefeitura de Piracicaba, Pinacoteca do Brazilian-American Cultural Institute, Spor 1 Gallery Remisen Brande Dinamarca, Fórum Distrital de Porangaba e em numerosas coleções particulares no Brasil, Alemanha, China, Espanha, França, Inglaterra, Panamá, Portugal, Suíça, EUA, Venezuela, Dinamarca.

Escreveram sobre a obra de Martins de Porangaba os críticos Dominique Edouard Beachler, Enock Sacramento, Ivo Zanini, Jacob Klintowits, José Neistein e Walmir Ayala.